Menu
  • LinkedIn
  • Visite nosso Instagram

Manutenção do Carro em Dia

jul 13, 2015   //   by admin   //   Dicas de Manutenção  //  No Comments

7 peças do seu carro que podem causar um acidente grave!

manutencao

A imprudência, o álcool e a velocidade são grandes causadores de acidentes, porém, a falta de manutenção no veículo pode ser um agravante. Conheça 7 itens do seu carro que merecem atenção especial, mas, muitas vezes, são esquecidos.

FREIO
É fundamental verificar o nível do óleo de freio. Se ele estiver baixo, é um aviso importante de problema. Não complete no posto de combustível (a menos que esteja muito baixo): leve o carro imediatamente ao mecânico.

Além das pastilhas e dos discos, é preciso checar o freio traseiro, muitas vezes esquecido e muito importante em situações de emergência, onde você precisará de toda eficiência do sistema.

PNEU
Todo mundo sabe que pneu careca ou com bolha deve ser substituído. Quem já passou por isso sabe do que estou falando: o estouro de um pneu traseiro provoca no motorista uma sensação de impotência muito grande, principalmente se estiver acima de 50 km/h – você não tem ideia de onde seu carro vai parar. E há ainda o risco da aquaplanagem, que ocorre com frequência com carros com pneus desgastados.

AMORTECEDORES
Estes são importantíssimos na estabilidade do veículo. Os principais problemas estão ligados à falta de ação ou travamento. Nestes casos, a suspensão ficará muito mole ou muito dura, por isso, a cada 10 mil km, é importante verificá-los, quanto a ação, vazamentos e fixação.

CAIXA DE DIREÇÃO HIDRÁULICA
O conforto da maioria dos carros impede que você perceba algumas situações de risco. Se a caixa de direção hidráulica ou alguma de suas mangueiras estiver com vazamento de óleo hidráulico, o volante de seu carro poderá endurecer repentinamente. Ainda assim, ele funcionará. Mas, se você estiver fazendo uma curva em alta velocidade, existe a possibilidade de acabar “visitando” a pista contrária.

CORREIA SERPENTINA
Também conhecida como correia “poly V”, é responsável pelo acionamento do alternador, do compressor do ar-condicionado e, principalmente, da bomba da direção hidráulica. Se esta correia romper, a direção ficará dura, como explicado no item acima. Três anos ou 50 mil km é o que sugere a maioria dos manuais para a troca. Assovios ou rangidos quando se esterça a direção hidráulica devem ser verificados. Além da correia, o problema pode estar em algum dos itens citados.

TERMINAIS DE DIREÇÃO E PIVOS
São tão importantes quanto a caixa de direção e, pior: costumam não dar aviso ao motorista que vão romper. A cada 10 mil km, é necessário fazer alinhamento da suspensão, então, aproveite para verificá-los.

PARAFUSOS DE RODA
Também muito esquecidos, são responsáveis por situações inesperadas. Falta de aperto e fadiga, principalmente em veículos com mais de 10 anos, são motivos para sua roda se desprender do cubo e fazê-lo perder a direção.

 Fonte: http://g1.globo.com/carros/

Deixe seu comentário